terça-feira, 12 de agosto de 2008

Opinião: O ano dos 'Spurs'?

Por se tratar de um clube estrangeiro, posso assumir que vou falar de um dos meus conjuntos preferidos e ao qual vaticino uma época de grande nível: o Tottenham Hotspur.

Arredado da conquista de títulos durante nove anos (1999-2008), os "Spurs" voltaram a erguer um troféu na pretérita temporada, fruto de um triunfo ante o Chelsea na final da Taça da Liga. Para além do sabor inerente a qualquer vitória, sobretudo para um emblema pouco habituado às glórias no passado recente, o sucesso alcançado em Fevereiro no Estádio de Wembley pode ter sido um importante tónico no que concerne ao futuro. Os londrinos estão agora mais crentes de que é possível atingir o sucesso e a aposta para esta época é forte.

Êxito é algo que perspectivo para o clube de White Hart Lane em 2008/2009. Os principais clubes ingleses estão, na minha óptica, mais fracos do que na época transacta, pelo que o Tottenham pode intrometer-se na luta por um lugar na "Champions", lutando, quiçá, por um lugar no top-3, algo que não consegue desde 1990. A excepção é o campeão Manchester United, que apesar de não apresentar grandes novidades, acabou por conseguir manter Cristiano Ronaldo. Quanto aos restantes, o Chelsea não me parece ter em Scolari um treinador capaz de corresponder aos anseios de Abramovich; o Arsenal está claramente mais fraco com as saídas de Flamini e Hleb e, por fim, o Liverpool é o "eterno" candidato que sistematicamente revela não estar talhado para a conquista da Premier League.

Os "Spurs" têm, por isso, a oportunidade de ouro para regressarem à elite do futebol inglês. Para já, iniciam a temporada sob o comando de um dos mais bem sucedidos treinadores dos últimos tempos e contam com um plantel recheado de elementos de inegável valia.
Em relação ao técnico, Juande Ramos, basta recordar a dupla conquista da Taça UEFA e da Supertaça Europeia, entre outras, ao serviço do Sevilha. Aliás, foi já com o espanhol como timoneiro que o Tottenham conquistou a Taça da Liga em 2008. Talvez o "dedo" de um treinador conceituado fosse algo que vinha faltando por aquelas bandas... O problema está, aparentemente, resolvido.

No tocante ao quadro de jogadores, os "Spurs", que ainda contam com o português Ricardo Rocha nas suas fileiras, são um dos campeões do mercado, enriquecendo um plantel que era já dotado de grande qualidade. O guarda-redes Gomes (ex-PSV Eindhoven), os médios-ofensivos Modric (ex-Dínamo Zagreb) e Bentley (ex-Blackburn) e o avançado Giovani dos Santos (ex-Barcelona) são nomes de peso que se juntam a outros que já militavam em White Hart Lane, como são exemplo os defesas Woodgate, King, Gilberto, os médios Jenas, Zokora e Lennon, mas, sobretudo, a estrela maior da companhia, o avançado Berbatov - do qual sou grande fã - e que chegou a ser dado como certo em Old Trafford. Para além disto, os reforços podem não ficar por aqui. O russo Arshavin, figura de proa no recente Europeu, parece estar a caminho de Londres... Pelo meio, apenas um revés: a saída de Robbie Keane, máximo goleador do conjunto nos últimos anos, que rumou ao Liverpool.
As competições oficiais ainda não começaram, mas, a avaliar por estes dados, este ano "temos" Tottenham. E esse sinal tem sido dado já na pré-época, onde, por exemplo, no fim-de-semana passafo os londrinos conquistaram o Torneio de Roterdão com vitórias tranquilas frente aos escoceses do Celtic (2-0) e aos alemães do Borussia Dortmund (3-0) e no passado domingo humilharam a Roma, com um expressivo 5-0. O tempo dirá se o meu prognóstico se confirma...

Fotos: Hugo Santos

6 comentários:

Bruno Pinto disse...

Grande equipa o Tottenham, sem dúvida. Grandes reforços a juntar à qualidade que já existia. Se o Berbatov se mantiver, os 'spurs' podem ser um caso sério nesta temporada. Acho que não têm 'pedalada' para Manchester United e Chelsea, mas podem perfeitamente acompanhar Liverpool e Arsenal na tabela classificativa.

Abraço Pedro!

zezé disse...

absolutamente.sou fã da equipa londrina, e tem sem duvida dos melhores planteis da premier. porem, o inicio esta a ser torbulento, apesar da excelente pre epoca. os reforços fazem sonhar..mas é uma equipa q anda amaldiçoada

Jotas disse...

O teu vatícinio saíu errado nestas 2 primeiras jornadas com 2 derrotas. Também tenho pena, pois adoro este clube, mas falta-lhe ainda muita coisa para poder ombrear com outros emblemas ingleses.
Contudo, apesar do mau começo, pela qualidade do plantel, o mínimo que se pode exigir a este clube, é o apuramento para a UEFA.

Bruno Pinto disse...

Olá Pedro,

Então, desististe do blog?

Mr.Azevedo disse...

pois, para já nao está uma aposta muito acertada! o juande até já foi embora!

Ruca! disse...

a minha equipa inglesa preferida desde que jogava o the manager no 486, com o gascoigne e o lineker nos spurs.
mas este ano não começaram bem.
o redknapp veio melhorar a performance mas as perdas de berbatov e keane fazem-se ainda sentir bastante no ataque.
acho que ainda vao recuperar e lutar pela uefa, pois têm um belo plantel.
abraço.